Moscatel

Publicado em 27 de novembro de 2020

À primeira vista, o achado desta doceria no Bexiga pode parecer inusitado: uma coxinha de beijinho com geleia de abacaxi e pimenta, coberta com lascas de coco queimado. Mas a mistura, que combina doce, azedo e apimentado, costuma fazer sucesso entre os clientes. Tanto que cerca de cem unidades da guloseima, que custa R$ 7 e foi criada pelo confeiteiro Renato Higa Moraes, chegam a ser vendidas por semana. Mas, se preferir algo mais tradicional, são boas pedidas também o tiramisù (R$ 16) e os cannoli (R$ 8), em sabores como chocolate belga, pistache, doce de leite e limão siciliano com ricota. Outro destaque da casa é a possibilidade de harmonizar os doces com vinhos portugueses —os rótulos são indicados em plaquinhas ao lado de cada quitute. A coxinha de beijinho, por exemplo, vai bem com um vinho do Porto branco (R$ 7 a taça pequena). Já o tiramisù combina com um tawny Caves Santa Marta (R$ 14, também a taça), ideal para acompanhar sobremesas cremosas e queijos. No bairro do Bexiga, com fortes influências italianas, o local também funciona como restaurante e tem cardápio de massas e receitas trazidas de Lisboa pelo proprietário e chef, o português Téo. Nessa seara, faz sucesso o bacalhau com natas (R$ 45), que leva peixe desfiado com purê cremoso gratinado, acompanhado de arroz e salada verde.

@cartaoelo

Que tal experimentar uma coxinha doce? Acompanhe esse #AchadosElo com @cesarporai#vainasua #vaicomelo #gastronomia #foryou #Fy

♬ som original – Cartão Elo

À primeira vista, o achado desta doceria no Bexiga pode parecer inusitado: uma coxinha de beijinho com geleia de abacaxi e pimenta, coberta com lascas de coco queimado. Mas a mistura, que combina doce, azedo e apimentado, costuma fazer sucesso entre os clientes. Tanto que cerca de cem unidades da guloseima, que custa R$ 7 e foi criada pelo confeiteiro Renato Higa Moraes, chegam a ser vendidas por semana. Mas, se preferir algo mais tradicional, são boas pedidas também o tiramisù (R$ 16) e os cannoli (R$ 8), em sabores como chocolate belga, pistache, doce de leite e limão siciliano com ricota. Outro destaque da casa é a possibilidade de harmonizar os doces com vinhos portugueses —os rótulos são indicados em plaquinhas ao lado de cada quitute. A coxinha de beijinho, por exemplo, vai bem com um vinho do Porto branco (R$ 7 a taça pequena). Já o tiramisù combina com um tawny Caves Santa Marta (R$ 14, também a taça), ideal para acompanhar sobremesas cremosas e queijos. No bairro do Bexiga, com fortes influências italianas, o local também funciona como restaurante e tem cardápio de massas e receitas trazidas de Lisboa pelo proprietário e chef, o português Téo. Nessa seara, faz sucesso o bacalhau com natas (R$ 45), que leva peixe desfiado com purê cremoso gratinado, acompanhado de arroz e salada verde.

@cartaoelo

Que tal experimentar uma coxinha doce? Acompanhe esse #AchadosElo com @cesarporai#vainasua #vaicomelo #gastronomia #foryou #Fy

♬ som original – Cartão Elo

Atenção! Por conta da pandemia do novo coronavírus, a casa pode ter seu funcionamento alterado para corresponder às determinações do Plano São Paulo, estabelecido pelo Governo do Estado de São Paulo. Para checar se o estabelecimento está aberto e seu horário de funcionamento mais recente, entre em contato pelo número abaixo.

Informações adicionais

Endereço

R. 13 de Maio, 655, Bela Vista

Horário de funcionamento

Seg. a dom.: 10h às 18h.

Delivery via Apptite, iFood, tel. (11) 3853-0954 e WhatsApp (11) 99516-3334, de seg. a dom.: 10h às 18h.

Oferece retirada no local.

Telefone

(11) 99516-3334

* As informações foram checadas em 26/04/2021. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações.